0
Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Ariadna eliminada do BBB11 e ex-marido da torcida do Vasco

A primeira eliminação do Big Brother Brasil 11 vai render muita notícia. A transexual Ariadna foi eliminada com 49 % dos votos. Antes de sair da casa ela revelou aos brothers o segredo que todo Brasil já sabia: "tenho orgulho de ser a primeira transexual do Big Brother".
Quando encontrou com Pedro Bial, Ariadna confessou que estava feliz porque o ex-marido estava na platéia, mas o rapaz preferiu não colocar a cara na tela. Ele tem bons motivos para isso.
Casado com a transexual por três anos, João Gabriel, confirmou o fato a um jornal carioca. Bastou isso para ele começar a receber retaliações e sofrer preconceito. A comunidade oficial de uma torcida organizada do Vasco, da qual faz parte, acendeu a polêmica e seus membros não perdoaram o fato do colega por ter aparecido em fotos, na imprensa, vestindo a camisa do time.

Sarney desmente acordo com governo para se reeleger presidente do Senado

Nesta quarta-feira (19), a presidência do Senado Federal divulgou nota na qual desmente notícias da imprensa de que o senador José Sarney (PMDB-AP), atual presidente da Casa, estaria fazendo um acordo com o governo Dilma para sua reeleição e para a futura candidatura, do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) ao mesmo cargo.

PCdoB apóia Luiz Caetano para presidência da UPB

“A nossa intenção é sair com chapa única, para não dividir a base, e o nome consensual que acreditamos trazer unidade é o de Caetano”, a afirmação é da prefeita de São Sebastião de Passe, Tânia Portugal(foto), que está à frente das articulações do PCdoB no interior do estado. A escolha do prefeito de Camaçari aconteceu em reunião com o secretário de Relações Institucionais, César Lisboa, e diversos prefeitos baianos, representantes de Associações Regionais. As reuniões, inclusive, têm se sucedido nas diversas cidades – e com a participação do próprio Caetano – para somar ainda mais apoios à candidatura e unificar as prefeituras em torno do petista. O próximo encontro será em Vitória da Conquista, na quinta-feira (20), e em Irecê e Juazeiro na sexta (21).

Lauro de Freitas - Mudança em nome de município gera polêmica

O nome do município Lauro de Freitas – localizado na Região Metropolitana de Salvador – pode passar a ser Santo Amaro de Ipitanga (nome original, dado pelos jesuítas) ou, simplesmente, Ipitanga, nome do rio que corta a cidade. A medida, que será submetida à consulta da população, por meio de um plebiscito, foi anunciada no último dia 15, pela prefeita Moema Gramacho (PT), durante a festa da Paróquia de Santo Amaro de Ipitanga, padroeiro da cidade. Segundo a prefeita, a iniciativa surgiu por conta das reclamações dos moradores mais antigos, que, insatisfeitos, alegavam não ter sido consultados em relação à primeira mudança, ocorrida em 31 de julho de 1962, data da emancipação do município.

Wagner diz que não aceita censura na Centel

O governador Jaques Wagner (PT), não aprovou a determinação de proibição da divulgação de informações de ocorrências policiais, que eram feitas pela Central de Telecomunicações das polícias Civis e Militar (Centel). “Como democrata, eu não concordo [com a proibição da divulgação das informações]. Agora, muitas vezes no combate ao crime, uma informação mal colocada pode atrapalhar as investigações”, afirmou Wagner. Apesar disso, o secretário de comunicação, Robinson Almeida, disse que as informações vão continuar sendo divulgadas pela site da Secretaria de Segurança Pública, porém prometeu criar uma central de comunicação, própria para a imprensa.

PT X PMDB: a batalha continua

Com a provável candidatura única do petista Marco Maia (RS) para a presidência da Câmara, os partidos começam a se travar uma batalha por cargos nas comissões permanentes, nas lideranças e na Mesa Diretora da Casa. Uma das posições mais cobiçadas é a liderança do governo na Câmara, por ora disputada entre os próprios petistas. Caberá à presidente Dilma Rousseff tentar apaziguar o PT e decidir se mantém ou não o atual líder, Cândido Vaccarezza (PT-SP).
A bancada petista está dividida. Quem defende a troca alega que Vaccarezza perdeu legitimidade após perder a disputa interna para ser o candidato à presidência da Câmara. O ex-presidente da Casa Arlindo Chinaglia (SP) e o ex-líder Henrique Fontana (RS) aparecem como cotados para a liderança. Os aliados de Vaccarezza, porém, atacam os dois colegas. Informações da Agência Estado.
Em tempo, Marco Maia vem à Bahia hoje e se reúne com o governador Jaques Wagner, na Governadoria, às 18h e, às 19h, participa de um jantar com o alto escalão petista estadual.

Humorista Shaolin sofre acidente de carro na PB

O humorista Francisco Josenilton Veloso, 39 anos, mais conhecido como Shaolin, sofreu um grave acidente de carro na noite desta terça-feira (18) em Campina Grande, Paraíba. A informação foi confirmada pelo produtor do comediante.
Ele dirigia uma Pajero na BR-230 quando, por volta das 23h30, seu carro foi atingido na lateral por um caminhão que manobrava no acostamento da estrada. Seu veículo capotou e saiu da pista.
Shaolin deu entrada por volta da meia-noite no Hospital Regional de Campina Grande, e foi transferido em seguida para o Hospital Antônio Targino, onde foi diagnosticado um traumatismo craniano. Ele também sofreu um grave ferimento no braço.
O humorista foi submetido a cirurgia e permanece internado na UTI do hospital, sedado. Seu estado é considerado grave.
Segundo seu produtor, Shaolin viajaria para cumprir uma agenda de shows que começaria nesta quinta-feira (20). Atualmente, o humorista participa do programa “Tudo é possível” da TV Record.

Tarcízio apoia Caetano para presidência da UPB

O prefeito de Feira de Santana, Tarcízio Pimenta (DEM), declarou apoio nesta terça-feira (18) ao alcaide de Camaçari, Luiz Caetano, candidato à presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB). O acordo foi firmado em reunião na Cidade Princesa e, de acordo com a assessoria do democrata, “outros prefeitos da região (de Feira de Santana) vão apoiar Caetano”, que quer eleição em chapa única.
Conversas de bastidores dão conta de que o prefeito de Maracás, Nelson Portela, correligionário de Luiz Caetano, faria um acordo com o colega e abriria mão do pleito. O presidente estadual do PT, Jonas Paulo, não escondeu de ninguém que faria de tudo para que Caetano concorresse sozinho. Contudo, está marcado para amanhã um debate entre os dois pré-candidatos na sede da UPB, no CAB.

João Durval e César Borges não recebem pensão de ex-governador

A possibilidade de ex-governadores receberem pensão vitalícia divide opiniões pelo Brasil. Na Bahia, o senador e ex-governador do Estado, João Durval Carneiro (PDT), não recebe o benefício. Foi o que afirmou há pouco a assessoria do congressista, sobre o questionamento de ele ser contra ou a favor. “Se ele não recebe é porque ele é contra.”, disparou o assessor de João Durval.
O ex-governador, no entanto, recebia o benefício até tomar posse do cargo no Senado, em 1º de fevereiro de 2007. “Automaticamente ele pediu para parar de receber”, afirmou sua assessoria. A reportagem indagou se o senador teria direito a pedir novamente a pensão caso queira. “Pela lei, sim”, garantiu o assessor.
Sobre a possibilidade de João Durval requerer novamente a pensão após o término do seu mandato de senador, sua assessoria deixou no ar. “Aí eu não sei. Ninguém sabe. Fica difícil falar de uma coisa que só vai acontecer daqui a quatro anos...”.
O também senador e ex-governador César Borges (PR) já se declarou completamente contrário à benesse. “Jamais pleiteei e jamais recebi qualquer tipo de benefício por ter ocupado o cargo de governador da Bahia”, refuta César.

Souto também não recebe pensão de ex-governador

O presidente do Democratas na Bahia, Paulo Souto também não recebe a pensão de ex-governador.Refutando as especulações, a assessoria de Souto disse não entender porque a OAB levantou “de novo este assunto. A lei aqui (na Bahia) acabou desde a época de Antônio Carlos”, disse a assessoria em referência ao ex-governador Antônio Carlos Magalhães.
Em tempo, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, em entrevista hoje, reafirmou que vai ingressar com ações diretas de inconstitucionalidade (Adins) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra as pensões dos cerca de 60 ex-governadores que hoje são beneficiados em todo o país. Ophir acrescentou que as Adins serão dirigidas contra as constituições ou leis estaduais nas quais elas estão previstas e não pessoalmente aos ex-governadores.

Carro capota e bebê morre na BA-120, trecho Riachão/Serra Preta

Um bebê, com apenas 06 meses de vida, morreu vítima de um acidente de trânsito na noite desta segunda-feira (17), por volta das 21h45, na BA-120, no trecho entre Riachão do Jacuípe a Serra Preta.
O bebe, de iniciais J.V.D.A, estava no banco traseiro de um Corsa Sedan de placa policial APJ - 0535 licença de Serra Preta, dirigido pelo seu tio e padrinho. O veiculo capotou por quatro vezes em um trecho em obras da rodovia, próximo ao Povoado de Descanso.
Segundo informação de testemunhas, Edicarlos Ribeiro da Silva, 32 anos, conduzia o veiculo no sentido Riachão/Serra Preta, tendo como acompanhantes a sua mãe Maria Eunice da Silva Azevedo, 68 anos, e Juliete Rios Dantas, 22 anos, cunhada e mãe da criança, quando em um determinado trecho da BA deparou-se com um Fiat Uno, que vinha em sentindo contrario em alta velocidade. Ao tentar desviar para não colidir frontalmente, o Corsa rodou, saiu da pista e capotou.
Um outro veiculo da mesma família, que vinha a poucos metros do local do acidente, socorreu os três adultos e a criança até o Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe. Edicarlos e Maria Eunice tiveram apenas ferimentos leves e depois de medicados foram liberados.
Juliete estava em estado de choque e precisou ficar internada em observação. Ela foi transferida para Feira de Santana, onde seria submetida a uma tomografia para avaliação mais detalhada. A criança ficou gravemente ferida e não resistiu.

Conheça o perfil dos 15 secretários anunciados

Quatro dos novos secretários do governo da Bahia assinaram nesta terça-feira (18) o termo de posse dos cargos, no gabinete do governador Jaques Wagner, na Governadoria. Segundo a Assessoria Geral de Comunicação Social do Governo (Agecom), dos cinco indicados para o secretariado, apenas Zezéu Ribeiro não assinou o termo, porque só assumirá o cargo após se licenciar da Câmara dos Deputados. Ele deve assumir a pasta do Planejamento a partir do dia 2 de fevereiro. Os outros empossados são Otto Alencar (Infraestrutura), Albino Rubim (Cultura), Domingos Leonelli (Turismo) e Maurício Barbosa (Segurança Pública) conheça agora o perfil dos 15 secretários anunciados do segundo governo de Jaques Wagner.
Seplan – Zezéu Ribeiro
Arquiteto e urbanista, deputado federal, titular da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, da qual foi presidente em 2003, tem sido um articulador permanente entre os movimentos sociais e o Congresso Nacional. Coordenador da Bancada do Nordeste desde 2007, colegiado que vem debatendo os principais temas de interesse da região. Zezéu já foi vereador de Salvador.
Secom – Robinson Almeida
Formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Na Assessoria Geral de Comunicação Social do Governo do Estado (Agecom), desde janeiro de 2007, coordenou duas Conferências de Comunicação e a elaboração do anteprojeto do Conselho Estadual de Comunicação. Foi assessor parlamentar nas Câmaras de Vereadores de Salvador e dos Deputados.
Saeb – Manoel Vitório
Professor universitário, economista, mestre em Análise Regional e especialista em Organização de Sistemas e Métodos, foi superintendente do Instituto Pedro Ribeiro de Administração Judiciária (IPRAJ), assessor-chefe de Planejamento do Tribunla de Justiça do Estado e secretário de Administração do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Foi conselheiro do Sebrae e do Promo – Centro Internacional de Negócios da Bahia.
Sefaz – Carlos Martins
Economista com Mestrado em Administração, professor universitário e coordenador dos cursos de Administração da Faculdade Visconde de Cairú, ele trabalhou no Polo Petroquímico de Camaçari e também foi delegado regional do Trabalho.
Setre – Nilton Vasconcelos
Arquiteto, mestre em Administração e doutor em Administração Pública. Professor de Administração do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), da UFBA, UCSal, Uefs e Faculdades Ruy Barbosa, foi secretário de Serviços Públicos de Salvador e assessor-chefe do Instituo do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac).

Casa Civil – Eva Chiavon
Engenheira sanitária, pós-graduada em Saúde Pública, especialista em Planejamento Estratégico Público Participativo, com trabalhos à frente da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Comunitário de Habitação de Chapecó (SC). Em Brasília, ocupou cargos executivos na Secretaria das Relações Institucionais da Presidência da República e no Ministério do Trabalho e Emprego.
SEC - Osvaldo Barreto
Professor da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA), onde se graduou em Economia no ano de 1972. Foi diretor-executivo da Fundação de Apoio de Pesquisa e Extensão (Fapex), diretor da Escola de Administração e chefe do Departamento de Administração Pública (UFBA). Especializou-se em Planejamento na Universidade Federal de Minas Gerais, tornou-se mestre em Administração pela UFBA.
Sema - Eugênio Spengler
47 anos, bacharel em Filosofia pela Universidade das Faculdades Associadas Ipiranga – SP, foi consultor técnico das secretarias estaduais da Casa Civil, da Indústria, Comércio e Mineração e do Meio Ambiente. Foi também gerente regional da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Estado do Rio Grande do Sul, coordenador da Assessoria Técnica da Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul, secretário de Planejamento e Meio Ambiente do Município de Santo Cristo/RS e professor de Saneamento Ambiental pela Universidade de Ijuí/RS.
Secopa - Ney Campello
Bacharel em Direito e mestre em Administração pela Universidade Federal da Bahia. Obteve o diploma de Estudios Avanzados pela Universidade Complutense de Madri em 2003, onde cursa doutorado em Administração Pública. Foi secretário de Educação e Cultura de Salvador. Professor universitário, é natural de Salvador-Bahia, 51 anos, e foi vereador entre 1982/1988.
Sedur – Cícero Monteiro
Engenheiro sanitarista formado pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), administrador de Empresas pela Universidade Católica do Salvador (UCsal), com pós-graduação em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Exerceu diversos cargos na Embasa, a presidência da Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia (Cerb) e atualmente é secretário da Sedur.
Sesab – Jorge Solla
Médico do quadro do Instituto de Saúde Coletiva (ICS) da UFBA, mestre em Saúde Coletiva pela UFBA e doutor em Clínica Médica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), foi secretário de Saúde de Vitória da Conquista e secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, entre 2003 e 2005. Atualmente é secretário da Saúde do Estado da Bahia. Pesquisador (UFBA) com experiência na Área de Saúde Coletiva, com Ênfase em Epidemiologia. Atua principalmente nos temas Sistema Único de Saúde, Saúde da Família, Descentralização, Municipalização, Gestão de Sistemas de Saúde e Epidemiologia.


Domingos Leonelli foi secretário estadual de Turismo, no primeiro mandato do governo Jaques Wagner, até o início de 2010, quando se desincompatibilizou para concorrer às eleições. Leonelli já foi deputado federal por três mandatos e também deputado estadual. Além disso, foi também secretário municipal de Salvador por duas vezes.

Otto Alencar é o vice-governador do Estado, formado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, três vezes deputado estadual. Já foi secretário estadual da Saúde e da Indústria, Comércio e Mineração. Além disso, foi conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios, presidente do Conselho da Empresa Baiana de Alimentos e participou dos conselhos da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) e do extinto Centro Internacional de Negócios da Bahia (Promo).

Albino Rubim é formado em Comunicação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e em Medicina pela Escola Baiana de Medicina. É professor titular da UFBA; ex-presidente do Conselho Estadual de Cultura da Bahia, ex-coordenador do Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura e ex-diretor da Faculdade de Comunicação da UFBA. É mestre em Ciências Sociais pela UFBA, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo e pós-doutor em Políticas Culturais pela Universidade de Buenos Aires e Universidade San Martin.

Maurício Barbosa é delegado da Polícia Federal, formado em Direito pela Universidade Estácio de Sá em 1998 e na Academia Nacional de Polícia em 2002. Foi superintendente de Inteligência da SSP, delegado-regional de Combate ao Crime Organizado e delegado-chefe da Delegacia de Repressão a Crimes Patrimoniais na Superintendência Regional da Polícia Federal na Bahia.

Número de mortos no Rio passa de 700

Novo balanço parcial divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro indica que número de mortos nas cidades da região serrana atingidas pelos temporais da semana passada chegou a 702. São 17 mortos a mais do que o informado no balanço divulgado às 15 horas. Segundo informações da Agência Brasil, os dados indicam que o número de mortos no município de Nova Friburgo, o mais afetado pela tragédia, chegou a 335, o maior número entre as cidades atingidas. Em Teresópolis, o números parcial de óbitos, até agora, é de 285; em Petrópolis o número passou para 62 mortos. Sumidouro registra 20 vítimas. Em todas as cidades afetadas pelas chuvas na região, 13,8 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Prefeito Tarcizio Pimenta e Luiz Caetano conversam sobre UPB

Os prefeitos Tarcízio Pimenta e Luiz Caetano (Camaçari) avaliaram, na manhã desta terça-feira (18), propostas em defesa dos municípios, visando acelerar o desenvolvimento, reduzir a burocracia e melhor aproveitar os recursos, além da captação de investimentos. O encontro foi realizado no Paço Municipal Maria Quitéria e resultará na definição de uma agenda positiva a ser apresentada para execução de atividades da União das Prefeituras da Bahia (UPB).
Candidato à presidência da UPB, Luiz Caetano defende a integração das Prefeituras baianas através da entidade representativa visando o fortalecimento dos municípios. Observou que durante o regime militar, os municípios perderam muito apoio, agora reconquistado através da política desenvolvida pelo Governo Federal.

Confirmadissimo: Zezéu vai para a Seplan e garante mais um mandato para Sérgio Carneiro na Câmara

A nomeação do deputado federal Zezéu Ribeiro (PT) para a Secretaria do Planejamento do governo Wagner (Seplan) não fez bem somente ao próprio. Quem deve estar dando pulos de alegria é seu colega de partido e de Câmara Sérgio de Barradas Carneiro, cujo atual mandato acaba no próximo dia 2 de fevereiro. Sério Barradas não conseguiu se reeleger, mas é o primeiro suplente da coligação petista e assumirá a vaga de Zezéu.